terça-feira, 14 de julho de 2015

PARA SEMPRE NOSSO CORY MONTEITH


Ontem fez 2 anos desde que o Cory Monteith morreu, como passa rápido né? Parece que foi ontem que li a notícia na internet e comecei a chorar como se já o conhecesse pessoalmente. Engraçado como são essas coisas, a gente se apega tanto com um personagem que parece realmente conhecer. Fiquei bem triste com a morte dele, acho que foi uma das que mais me afetou da mídia. 


Vida. Cory nasceu no Canadá, quando tinha sete anos seus pais se separaram. Poucas pessoas sabem, mas ele largou a escola aos dezesseis anos, em várias entrevistas ele simplesmente dizia "não era pra mim". Antes de morrer, estava em um relacionamento com a Lea Michele que também fazia par com ele na série Glee. Todos sabemos que ele sofria de vício, em 2013 se internou em uma clínica para o tratamento, depois de pedidos de colegas de gravação e do produtores, eles lhe garantiram seu cardo de volta. 


Inspiração. Ele realmente era um cara pra se inspirar, que infelizmente caiu nessa coisa de vício. Mas era muito esforçado, e era evidente  como tinha um bom coração, não estou falando isso só porque morreu não, em várias entrevistas, dá pra perceber o quanto é simples e humilde. Ele lutava contra a homofobia. Muito antes de se tornar ator, ele já foi motorista de táxi, trabalhou como telemarketing, em construção civil e também no Wal-Mart. Esforçado ou não?


Glee. Já fez pequenas participações em filmes como Killer Bash, Bloody Mary, Deck the Halls. Também já participou da série Kyle XY e também em Supernatural, Stargate, Smalville, e outras. Mas foi em Glee que foi mais reconhecido. Todo mundo conhece o eterno Finn Hudson, capitão do time de futebol que é obrigado a entrar no clube do coral da escola, e aos poucos vai "perdendo" sua popularidade, perdendo mais ganhando vários outros amigos. No final da série, foram feitas várias homenagens pra ele, vou dizer o quanto fiquei emocionada, nunca chorei tanto em alguma série. Já falei um pouco sobre isso bem aqui.


Morte. Cory foi encontrado morto em um quarto do hotel "The Fairmont Pacific Rim" em Vancouver por overdose. Todos ficaram abalados e surpresos com o fato, a internet foi bombardeada e só se falava dele e dessa fatalidade. Muitas homenagens e agradecimentos. O corpo foi cremado no Canadá em uma cerimônia privada apenas para Lea Michele e a família.


Todas as vezes que ouvir e ver os episódios e músicas em homenagem pra ele em Glee vou chorar, poderia ter sido um final diferente, pra série e pra sua vida, é muito triste quando alguém tão novo morre. Enfim, espero que tenham gostado da minha pequena homenagem, se ainda não conhece o trabalho dele, entra aqui e conheça a sua filmografia. Beijos <3

Snapchat: alineeb8

16 comentários:

  1. Eu nunca vi nenhum trabalho dele, mas é uma pena que tenha morrido </3

    http://ruasazuis.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, ele teve poucos trabalhos, seu destaque maior foi em Glee mesmo, muita muita pena ter morrido tão cedo!

      Excluir
  2. Cada vez que me lembro do discurso da Lea Michele nos Teen Choice Awards, logo após a morte dele, parte-me o coração. Via-se que eles se amavam muito. É tão triste pensar que morreu tão novo e por causa de drogas :(

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Ricardo, foi triste demais mesmo, toda vez que assisto eu choro! Complicado esse negócio de vício né? Cara tão talentoso morre tão cedo.

      Excluir
  3. Poxa, é super triste mesmo! Ele era lindo e talentoso! E tão novo né?
    Um beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
  4. Eu não lembro de ter visto nenhum dos trabalhos dele,mas achei triste... tão novo,néh ?
    Beijas,
    http://mundoperdidodacarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Ele foi mais conhecido em Glee mesmo, mas bem novo.

      Excluir
  5. Eu não assisti a série e nem o conhecia, mas é muito triste um jovem morrer!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, infelizmente acabou não dando tempo de fazer muitos trabalhos =(

      Excluir
  6. Senti demais a morte dele também, mas acho que o Chorão me abalou mais. Vi que a Lea postou no tt sobre ele, quase chorei, dois anos já gente, como pode Quase Reis | Página QuaseReis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau, do Chorão abalo muito também. Dois anos, passa super rápido né Carol?

      Excluir
  7. Eu lembro que foi um alvoroço e tanto. Eu fiquei sabendo por um amigo, logo que acordei.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim, todo mundo se comoveu. Também soube por um amigo, depois corri pra confirmar na internet, fui pega de surpresa.

      Excluir
  8. 2 anos já, passa muito rápido mesmo! :O
    Eu não conhecia os trabalhos dele, mas me comovi bastante, principalmente quando tentava me colocar no lugar da Lea Michele. Muito triste.

    www.lemonati.com.br

    ResponderExcluir
  9. Caraca, 2 anos.. Quanto tempo! Não sou fã do Cory, nem nada, mas imagino o quão incrível e humilde ele era. Além de atuar muito bem, adorei ele em Monte Carlo, heheheheh.
    Deve ser muito triste pra família, os amigos, a Lea e para os fãs, porque esse amor todo, só fã entende :/

    Beijos, http://quebrarosilencio.blogspot.com/

    ResponderExcluir