segunda-feira, 11 de maio de 2015

VI NO CINEMA: ENTRE ABELHAS


Acho que essa vai ser a primeira vez que falo de algum filme brasileiro aqui, confesso que sou muito preconceituosa quando sei que o filme é daqui, já sei o que muitos pensam, não sou patriota e blablabla, mas não é bem assim. São raros os filmes que eu gosto, pra falar a verdade até agora acho que foram uns 3 ou 4, a maioria tem o roteiro ruim, e atuações piores ainda, então me desculpe se você é um amante de filme brasileiro pois eu não sou haha. Pra eu falar que algo é ruim, eu sempre assisto antes, então vocês jamais vão me ver falar que algo é ruim sem antes ter assistido. "Entre Abelhas" eu fiquei na dúvida se gostei ou não, vou contar.

Título Original: Entre Abelhas
Estrelado por: Fabio Porchat
Gênero: Drama
Dirigido por: Ian SBF
Estreia Mundial: 2015
Minha Avaliação: 8



Bruno (Fábio Porchat) tem quase 30 anos e está se separando da Regina (Giovana Lancelotti). Ele está tão atordoado, que coisas estranhas começam acontecer, as pessoas estão simplesmente desaparecendo, elas estão ali, porém Bruno é o único que não consegue vê-los. Ele tropeça no ar, esbarra naqueles que não vê, quando as pessoas próximas a ele começam a desaparecer, percebe que precisa de ajuda. Conforme passam-se os dias, a situação só piora, a quantidade de pessoas que vê abaixa, enquanto as "invisíveis" aumentam. Sua mãe (Irene Ravache) faz de tudo para ajudá-lo, ele procura ajuda médica mas nada ajuda. Bruno tenta se adaptar nesse novo mundo de qualquer maneira, mas imagina só, não consegue mais ver seu melhor amigo, não pode mais trabalhar pois não vê seus colegas de trabalho, é questão de tempo para não enxergar mais ninguém.


Quando vi o trailer, confesso ter pensado ser uma comédia, ainda mais com o Fábio Porchat, mas me enganei. O filme é bem dramático, não é daquele tipo que te prende do começo ao fim, com risadas, ao contrário, é preciso uma reflexão mais profunda sobre aquilo que está assistindo. Então, se pretende ver o filme achando que vai ser mais uma comédia brasileira, não se engane, já estou avisando antes pra não se decepcionarem OK? Claro que tem algumas cenas engraçadas, afinal é do Fábio Porchat que estamos falando né?!


Achei a proposta bem interessante, é bem claro que o personagem Bruno na verdade está com depressão, depois do divórcio começa a dormir até tarde, vive mal e quer a todo custo que sua vida volte ao normal. Então, ele começa enxergar apenas quem ele quer ver, por isso as pessoas vão sumindo aos poucos. Ele precisa enfrentar esses desafios, para se livrar da depressão e voltar a enxergar direito.


Como todo mundo e eu me incluo nessa, estamos acostumados com filmes de comédia, ação e super-herois. Quando aparece um tipo de filme como esse, pra refletir sobre a vida, ficamos um pouco com pé atrás, por isso eu falo que muitos vão falar que não gostou, por não ter conseguido essa reflexão. Achei uma boa história, talvez precisava ser mais trabalhada. Porém, a atuação do Fábio Porchat assim como tudo que faz, foi espetacular, confesso que assisti só por ele mesmo, mas no fim me surpreendi. O que mais me decepcionou, não foi o enredo e nem as atuações e sim, o final que poderia ter sido melhor.


O filme ainda está em cartaz, então quem quiser ainda dá tempo de ver. Foi a primeira vez que fui no cinema ver filme brasileiro, até que gostei. Não é do tipo de filme que dá vontade de assistir mil vezes até decorar as falas, mas é muito bom pra refletir um pouco sobre a vida, as vezes é importante né! Vão assistir? Se sim, me contem aí e se já viram me contem também haha Eu amo saber a opinião de vocês!

FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER

20 comentários:

  1. Adoro ver filme para refletir! Mas jurava que seria um filme mais cômico.
    Adorei a crítica! Um beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também pensava, mas ele é de drama =) haha

      Excluir
  2. Nossa tava looouca pra ver esse filme. E percebi que você gostou, vou assisti-lo, e se você não entendeu o final (tem muuuita gente falando do final) vai lançar o 2 :)
    Eu gosto de filmes brasileiros, gosto dos quais retratam a vida das pessoas daqui tipo ''Tropa de Elite'' ''O pai ió'' e os de comédia que estão sendo lançados agora são muuuito legal, já assistiu Minha mãe é uma peça? se não. Assista!! S.O.S Mulheres ao mar é demais também!
    Adoro seus posts de filme <3

    www.keep-calm-girls.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem que não entendi, mas o final deixou um pouco a desejar, não fazia ideia que ia lançar o 2, bom saber vai explicar muita coisa *-* Já assisti sim, inclusive é um dos meus preferidos dos brasileiros, SOS mulheres ao mar ainda não consegui ver, mta gente fala bem =) Fico tão feliz por gostar <3

      Excluir
    2. Eu já pensei dessa forma a respeito do filme:
      https://www.facebook.com/photo.php?fbid=822526701171949&set=a.501552943269328.1073741829.100002438791429&type=1&theater

      Excluir
  3. Confesso que quando vi o lanççamento do filme achei que seria comédia, agora depois dessa sua crítica, estou louca pra poder assistir, eu também não gosto de filmes brasileiros, sei lá, prefiro os americanos hahaha, mas jurava que por ser com o Fabio seria comédia, legal, quero ver ele atuando um pouco fora do humor :)
    Um beijo e um cheiro.
    http://www.apenasfeminices.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb achei que seria, até mesmo pelo trailer, mas não é. Também prefiro os americanos, pq a história é sempre melhor, sei lá. Foi muito bom ver o Fabio fazer um drama viu, mostrou que tem talento pra qualquer parada =)

      Excluir
  4. Nossa eu achei também que era comédia por causa do Fabio no elenco, nem imagina um filme dramático. Ainda não assistir, e nem tenho planos ainda mas é bom saber de algumas coisas já. Ultimamente não to saindo do teu blog kkkkk to adorando aqui cheio de dicas de filmes e séries ;)

    Beijos http://iranabento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem eu imaginava, até fiquei surpresa Irana, assiste que você vai gostar, eu acho haha
      E eu amo ver você aqui viu, fico feliz pro estar gostando <3

      Excluir
  5. Oi!
    A primeira vez que vi o poster do filme também pensei que seria comédia, depois vi o trailer e achei a estória bem legal.
    É um dos poucos filmes brasileiros que quero assistir. Aliás acho que o nosso cinema está crescendo pra esse lado mais dramático e estou adorando que isso esteja acontecendo!

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa
    http://mundo-restrito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Raissa, está crescendo bastante e isso é muito bom!
      Acho que esse filme veio pra quebrar, pq a maioria é de comédia né, ai veio um drama como esse, muito bom =)

      Excluir
  6. eu ainda não vi , sinceramente nem sei se ainda esta no cinema pra você ter noção haha mais estou louca pra ver ^^

    www.nataliloure.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda está no cinema sim Natali, hahaha' vale a pena assistir

      Excluir
  7. Oi Aline! Nossa, que louco, deve ser terrível a situação que ele passa. Assim como você eu também tenho um certo preconceito por filme brasileiro, mas me interessei por esse. O Fábio Porchat é mesmo um ótimo ator, vou assistir. Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pensou Sofia? Nem sei o que eu faria haha
      Acho que a maioria tem preconceito né, mas até que os filmes estão melhorando. Assiste depois me conta o que achou =)

      Excluir
  8. Gostei da sua resenha, parece ser bom o filme. Eu tbm não era fã de filmes nacionais, mas agora até gosto de alguns. Não pensei que esse filme fosse tão dramático assim, achei que seria mais engraçado... Vou assistir!
    Beijos, até mais!

    www.coletivodenos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kathelin, é um bom filme sim. Ultimamente até que estão saindo uns legais, tô ficando até surpresa haha. Eu imaginava que ele seria comédia, como a maioria achou, mas ele é bem drama ;)

      Excluir
  9. Ótimo saber que os filmes brasileiros não são só de humor.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pelo blog Aline.
    Felizmente o cinema nacional tem tentado novos gêneros. É isso é muito bom.
    Muito não são excelentes, mas só de fugir da comédia já vale.
    Quem tiver meio cansado da mesmísse na net, dá uma olhada no meu blog: multiversonet.wordpress.com

    ResponderExcluir