sexta-feira, 13 de junho de 2014

Resenha: Malévola (Maleficent)

O texto abaixo, contém spoilers sobre o filme, é um resumo da história, quem ainda não assistiu, siga por sua conta e risco. Depois não diga que não avisei.


Para quem ainda não assistiu ao filme Malévola, não sabe o que está perdendo. Baseado no conto “A Bela Adormecida”, a Disney resolveu criar um filme baseado na história da vilã. Para surpresa de todos, foi um tremendo sucesso, não é por menos, é aquele tipo de filme que prende sua atenção do começo ao fim.
Quando vi a foto da Angelina Jolie como Malévola, tive um pouco de receio, pensei o quanto a atriz não combinava com o papel e o quanto esse filme seria ruim. Porém, para minha surpresa e de muitos, eles conseguiram trazer um novo conto apaixonante.
Malévola era uma fada, das mais poderosas. Possuía asas enormes e fortes, sem contar com seus chifres. Vivia em uma floresta encantada com várias outras fadas e seres conhecido como Moors, Malévola é protetora deste reino. Quando jovem, apaixonou-se por Stefan (Sharlito Copley), garoto de outro reino. Eles engajaram em um romance, mas como nada são flores, conforme o tempo se passava e eles cresciam, Stefan foi adquirindo várias ambições.
Com o passar do tempo, Stefan não a visitava mais em seu reino. Porém, após uma luta entre os dois reinos, o Rei a beira da morte decretou que aquele que matasse Malévola, se tornaria Rei em seu lugar. Stefan, com suas grandes ambições, foi atrás da moça. Fingiu serem um casal novamente, e deu uma poção que a fez adormecer. Enquanto dormia, o mesmo arrancou suas asas, pois não teve coragem de matá-la. Automaticamente, tornou-se o novo Rei.
Com o coração ferido e amargo, Malévola aguardava a hora certa para sua vingança. O Rei Stefan casou-se e logo a Rainha engravidou de uma menina. Então, Malévola resolve amaldiçoa-la (parte da história em que todos já conhecem). Então, Stefan enviou sua filha para viver com três fadas “do bem”, mas por incrível que pareça, a garota já estaria morta se não fosse por Malévola, pois as três eram muito atrapalhadas e não sabiam como cuidar de uma criança. Então, ela cuidava da garota a todo momento, livrando-a do perigo, por esse motivo, começou a criar afinidade pela menina.
Os anos se passaram e Aurora (Elle Fanning) filha do Rei, estava completando a idade em que cairia no sono profundo, de acordo com a maldição. Mas, Aurora conheceu Malévola, ela achava que era sua fada madrinha, pois recordava de todos os momentos em que a livrara do perigo. Houve um momento, que tentou retirar a maldição da menina, pois, seu amor por ela estava crescendo.
Quando o dia finalmente chegou, Malévola corria atrás de um príncipe para beijá-la antes que algo de pior acontecesse. Aurora, triste por descobrir sobre a maldição, correu para o castelo do Rei. Lá, seguiu um caminho onde finalmente a maldição se concretizou. Deitada em sua cama, Malévola e seu servo, invadiram o castelo e levaram o príncipe para beijá-la. Mas, nada aconteceu. A maldição continuou prevalecida.
Malévola, por sua vez, muito triste pelo o que aconteceu. Deu um beijo na menina, como um adeus. Tão desiludida com o pensamento de que não existia amor verdadeiro, e aquilo era uma prova. Mas, para surpresa de todos, com o beijo dela Aurora acordou.
Tentando sair do castelo, o Rei convoca seus guardar em que tentam matá-la e quase consegue, porém, Aurora consegue soltar as asas da Malévola, voltando para seu devido lugar. Então, com muita luta, ela consegue matar o Rei Stefan.
No final das contas, as mesmas vivem juntas no reino dos Moors.

A história com certeza surpreendeu a todos que estavam na sala do cinema. Eu particularmente fiquei de boca aberta, e ainda fiquei um tempo após o término do filme tentando digerir o que ocorreu ali. Que história surpreendente, perfeita. Sem contar que, a atuação dos atores foi ótima, Angelina Jolie não poderia ter me surpreendido mais. Recomendo esse filme para todos. O filme pode mostrar que o lado mal, as vezes tem algum motivo para ser daquela maneira, e mesmo após isso, também tem o direito de sentir amor pelo próximo, mesmo que seja seu inimigo. História encantadora, que com certeza, assistirei mais vezes. Quem ainda não viu, corre que ainda dá tempo. RECOMENDADÍSSIMO!

3 comentários:

  1. :O , estou boquiaberta. Não conhecia essa parte da história, ótima resenha ^^ .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, também fiquei super surpresa com a história, mais adorei

      Obrigada ;)

      Excluir
  2. Eu realmente fiquei muito surpreendida quando assisti Malévola também. Meu Deus, eu achei tudo muito lindo, com certeza é um dos meus filmes favoritos! <3

    Vi um vídeo seu falando sobre Teen Wolf, eu estou assistindo também, e estou simplesmente amando! haha.
    Você é muito carismática, continue assim, que você vai longe, beijos! s2

    ResponderExcluir